O+

27 set

Minha TPM tem problemas de personalidade. Calma lá, não estou falando do óbvio que é aquela outra personalidade amalucada que toma nosso corpo quando estamos naqueles dias. Estou falando daqueles dias propriamente, como se esses dias fossem uma entidade separada de mim. Tá acompanhando? Chega mais.

É meio cliché mas eu sangro na lua cheia. Você pode achar que isso é uma bobagem sem fim, uma coincidência ou pior, você pode nem se importar com essa informação. Se for assim, por favor, pare de ler agora, pare de ler Jah Rastafari. Vá fazer coisa melhor nesse mundo de meu Deus virtual porque, para mim, que li 3 vezes seguidas as Brumas de Avalon, sangue e lua cheia são coisas importantes e têm tudo a ver uma com a outra.

Como uma boa mulher metida a bruxa (pega a doida), eu respeito a minha TPM. Tento não valorizar demais mas respeito. E foi assim, analisando com carinho e amor meus dias de médica e monstro que eu descobri que ela tem dupla personalidade. A TPM. Por exemplo, às vezes ela é cruel, sádica, descontrolada. Espreme, aperta, bagunça tudo. Dependendo do ovário, ela é dócil, avoada, seca e discreta. Camisa de força?

Tem gente que diz que esse negócio de alteração hormonal interferir na vida da gente é coisa da nossa cabeça. Realmente, tá tudo na minha cabeça. E se eu estou inventando, aí sim, temos um caso de loucura. De loucura coletiva, porque são várias Marílias presas a uma TPM que também tem múltipla personalidade.

Aí você pergunta, mas pra quê se concentrar tanto nisso, gente? Vai lá e esquece essa amiga chata e maluca que só aparece uma vez por mês. E ainda mais agora, que ela nem avisa se vai ser Ruth ou se vai ser Raquel.

Eu respondo que meu filho, gêmea má ou gêmea boa, não importa, não dá pra virar as costas pro meu próprio sangue.

E pior, eu não quero.

7 Respostas to “O+”

  1. quel 27/09/2010 às 18:54 #

    Sou uma Raquel (ou uma Marília?) que também sangra na lua cheia. Às vezes tento não dar cabimento, finjo que não é comigo.

    (pausa) Acontece que adoro meu nome (e olhe que ele significa ‘mansa como uma ovelha’ – como diz um amigo meu – pura ironia poética).

    Ironicamente nos últimos dias de sangria, sou tomada por uma alegria que não sei explicar. E talvez por isso, aprendi a respeitar os dias de gêmea má. Tudo tem pelo menos dois lados, e eu tenho tantos!

    Li uma vez que abraço e punhalada a gente só dá em quem está perto. E depois de ler esse teu texto me deu vontade de te dar um abraço. Será a lua cheia?

    Grande beijo pra ti, Lia.

    • Lia Valengo 27/09/2010 às 18:59 #

      Eu tb fui tomada por essa alegria aí. Incrível. Ai, vou te dizer, AMO ser mulher. Estamos abraçadas, Quel. Super. Beijo pra tu.

  2. quel 27/09/2010 às 19:23 #

    voltei só pra dizer que também AMO ser mulher. ô bicho bonito, meu deus. beijo e obrigada pelo abraço.

  3. Ju Dominguez 28/09/2010 às 09:53 #

    Deve ter uma terceira Marília (ou quarta, ou quinta) super observadora, ali quietinha sentada, porque eu de tpm fico all over the place e jamais teria cogitado tanta auto-observação. :) É um caso de personalidade múltipla, doutor. Bem mais legal que ser homem, né? :)

    • Lia Valengo 28/09/2010 às 10:26 #

      Bem mais legal que ser homem, inclusive, por termos a capacidade de falarmos sobre a gente tão bem.

  4. Lanny 11/10/2010 às 20:56 #

    Uma dia destes quase bati numa moça por causa de tpm (e de provocação)… o sangue tava era nos olhos!! Afe!!

    • Lia Valengo 12/10/2010 às 10:45 #

      Menina, e o pior é que eu amo meus hormônios, me sinto muito mais criativa com o funcionamento deles. Mas que é viver perigosamente, isso é.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: